Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Soprador de Brasas

O Soprador de Brasas

AS LOUVA ADEUS , MULHERES "RARISSIMAS"

 

 

o amor do louva adeus.jpg

 

rarissimas-1-750x501.jpg

Fátima Felgueiras decotes.jpg

AS " RARISSIMAS LOUVADEUS SÃO MUITAS.

 

O que fazemos com mais facilidade é rotular pessoas e julga-las, ontem coloquei um post em que a Presidente da Rarissimas era a protagonista, mas para mim o elemento menos importante.  É sim um icone da nossa sociedade e do que é valorizado hoje, a promiscuidade e relações entre a politica suja , o dinheiro e mulheres ambiciosas e sem escrupulos e aparentemente tementes a Deus e que dizem NAMASTE logo de manhã e que à tarde já estão a decapitar o macho e todos os que se atravessarem no seu caminho

 

Os Rotulos são um sinal de cobardia, e por um evento de vida generalizamos e rotulamos uma pessoa, que por sua vez , tem muito mais que o que mostrou num simples facto da sua vida e provavelmente sofreu e pode até ter vindo de baixo e lutado por um lugar ao sol.

 

Conheço bem este tipo de mulheres as LOUVADEUS, tive uma, A GRANDE LOUVADEUS do LIVRO O BEIJO DA QUISSONDE que quase me destruiu, e se as comprarmos com o a femea LOUVADEUS, são interessantes, cativantes, vivas e espertas, e com uma caracteristica ambigua, por um lado a parte espiritual e moral que parece intocavel, por outro lado a sua profunda lucidez, o seu auto dominio e a sua infinita ambição.calculismo, egocentrrismo e crueldade consciente.

 

A LOUVADEUS na floresta tem cinco olhos, e observa-se nas goticulas de orvalho, e acha-se bela enquanto rezaa  a Deus e em posição de namaste, já obeserva cautelosamente outro alvo que atrai, que seduz  e sorri porque sabe que o vai decapitar e comer vivo, enquanto orgulhosa segue em frente rezando a sua espiritualidade e cantanto oa sua infinita vaidade e a sua profunda falsa modestia.

 

Normalmente tem uma origem humilde, sofrida, com problemas de familia e uma vontade enorme de sair do meio que as envergonha, por vezes até os pais são motivo de raiva e odeiam-nos, lutaram para sair da lama,  por amor aos filhos,  por amor ao dinheiro e ao poder, são mães despotas e ditadoras, ensinam os seus filhos a sua maldade, a forma de vencerem com as mesmas armas...os filhos herdam a PARADA.

 

O  que as motiva é o poder pelo, poder frequentaram as festas do croquete, sonharam aparecer na CARAS e na VIDAS e viver um Big Brother, e  através da politica que é o meio mais facil de subir porque se pode ser incompetente e mal formado ganhar muito bem, ou por se deitarem com gajos com barriga e a cheirar mal da boca e com unhas encravadas e uma pilinha muito pequena.....o que interessa é o poder..

 

Não as julgo, há imensas por este mundo fora e PORTUGAL um paraiso hoje da promiscuidade e da corrupção é um habitat propicio para esta especie, TOP, TOP, BANG BANG, FESTAS E  NIGHT LIFE E LIFE STYLE E BLOG E JAGUAR E BANG BANG, PORTUGAL  hoje está cheio, de revistas e de sociality que é a praia da LUXURIA simbolo das LOUVADEUS, as malas,  vida facil, as viagens , a ligações perigosas, a coca e os copos e os gajos e a promiscuidade , AH.... e esquecia-me são feministas castigadoras, são activas e julgam que os homens existem só para as servir, e em relação às outras gajas, têm imensas amigas de interesse, até deixarem de interessar.

 

Afinal se olharmos para tras para as sua vidas podemos esboçar um sorriso de piedade, pelo seu passado dificil, e se olharmos para o seu futuro um sinal de compaixão pelo imenso vazio em que vivem, um vazio tão grande como o da sua ambição, como o de pensar que a felicidade esta em ter e não em amar.

 

AS LOUVA ADEUS, vivem sós, num mundo onde não cabe ninguem porque ninguem lhes interessa, nesse mundo de aparência e de maldade consciente, ESTÃO PROFUNDAMENTE SÓS e têm medo da morte, porque para lá do material nada concebem, e a morte é o escuro e como a morte o que encerra é a capacidade de DAR, e elas não viveram esse sentido, nesse dia tão importante para ser vivido, só o vazio podem sentir....a morte é nada ter, é ser ou ter sido.

 

DEUS que se encarregue daLOUVADEUS , por mim chegou-me a dose......

 

O SOPRADOR DE BRASAS

 

 

 

O FIM DO IMPÉRIO

rarissimas-1-750x501.jpg

17770666_8MtZW.png

CORRUPÇÃO0006.jpg

Agora-já-não-promiscuidade-entre-política-e-fut

CORRUPÇÃO0007.jpg

listapaulomorais.jpg

mexia_catroga_miguelalopes_1.jpg

VITORINO.jpg

images.jpg

image (2).jpg

17cd27acb950e4d04042cbaec20817fa-783x450.jpg

 

O FIM DO IMPÉRIO

Para quem pense que o fim do Império foi o abandono das Colónias Africanas, está enganado.
O FIM DO IMPÉRIO foi a implementação da Democracia em Portugal e esta ter sido entregue a ditadores, a REIZINHOS como Mário Soares, Cavaco Silva, foi a entrada na Europa e a subserviência a um Europa de burocratas e taxistas, o fim do Império foi os Militares depois do 25 de Abril, se terem inibriado com a politica e se terem politizado e deixar instrumentalizar, o fim do IMPÉRIO É A PROMISCUIDADE a que todos os dias assistimos pensando que são casos isolados e que há politicos Honestos.

Tenho a profunda convicção que não há. Todos estes casos que vêm a publico, são uma ponta do iceberg, de um mundo sujo de ligações entre a banca, os Interesses economicos das Grandes Empresas, dos politicos, onde as Lojas maçonicas contractam gente pouco gentil e sem moral para ligarem tudo numa ordem , a ordem, uma ordem promiscua e com objectivos bem definidos.

Dá-se o Caso da Rarrissima e imediatamente outro para distrair os mais atentos deste caso singular, o da IURD, que não passa de uma manobra de distração, quando de repente uma jornalista com uns grandes tomates desvenda só a ponta do véu.

Não sei como não a calaram ainda. 
A promiscuidade segue-se promiscuidade, uma nova secretaria de estado Rosa Zorrinho, Mulher do Maçon Zorrinho a encher se na Europa salta para o cargo, adjunta de um ministro que tem a mulher a viajar paga pela rarissimas e tem uma filha já na politica...................tecnoforma, PSD, Socrates, PS, Isaltino, EDP, BPI, BES, Submarinos, BARROSO, Golden Sachs, DUARTE LIMA, homicida e corrupto livre,Passos Coelho, Maria Luisa Albuquerque... os Generais das Forças Armadas e das Policias e do PARTIDO garantem pela força que o povo não se irá portar mal....e não acaba, não acaba, o futebol, o fado e a politica e a sardinha Assada, e os Militares que andam confundidos e foi nisto que PORTUGAL, um IMPÉRIO OUTRORA se transformou, no IMPÉRIO DA PROMISCUIDADE.

o FUTURO não será melhor, será cada vez pior, os militares que devem defender o povo, hoje não fazem, a Policia que deve defender o Povo, não o faz, e estamos entregues a esta gente , que vive a grande, com o silencio dos acomodados e dos que que me dizem, porque escreves? , o que ganhas com isso? por que não te calas?, e são esses mesmos os maiores inimigos de nós mesmos.

O FIM DO IMPERIO que nos restava, O IMPERIO MORAL E ÉTICO de um povo que melhor que que ninguem é transnacional, é cosmopolita e de uma generosidade e capacidade Unica ACABOU.

O unico IMPÉRIO que nos restava, pode ser recuperado e erguido, a moral e a Etica e a transnacionalidade, e para isso temos de entender que este sistema , já não nos serve, estes politicos e as mulheres e filhos e enteados que estão todos na politica como o maior negocio de viver a custa de PARVOS, não nos serve, o polvo é tão grande que agora só a porrada.

Pois bem sois todos PARVOS, os que se calam, os que vão sorrindo e dizendo o que podemos fazer? A PROMISCUIDADE passou a ser normal, a falta de serviço publico e os compadrios passou a ser normal.

UMA COISA RETIVE: Esta senhora da RARRISSIMA é a mentalidade que impera, é o espelho da NAÇÃO, é neste mundo, em que os ministros e secretarios de estado vivem....NÃO PRESTAM, do BLOCO á CRISTAS uma corja sem nome...traidores à Patria para os quais vamos sorrindo.

Outra conclusão se retira é que o poder corrompe, e o cerebro tem esta tendencia para o pecado, ou a fundação do ser e dos seus valores é intocavel, ou mais tarde ou mais cedo se cede a tentação de ser mais esperto que os outros......SE OS COMUNAS , OS BLOQUISTAS ESTIVESSEM NO PODER IAMOS ASSISTIR AO MESMO.

Isto vai continuar até um CAPITÃO com eles no sitio, um soldado que ame Portugal METER OS TANQUES NA RUA OU AS CHAIMITES e lhes acabar com esta traição imoral e esta promiscuidade que não vai ter fim

Afinal falavam da MONARQUIA, e do Reino passar de pais para filhos e para os amigos do REI, mas na Monarquia,o REI rodeava-se de sábios e gente Culta, Conselheiros de idade e experiência ência, hoje estes malandros passam o poder aos filhos e amantes e as gajas que lhes abrem as pernas e são todos incultos e acima de tudo sem moral efocados nos partidos e não na FELICIDADE DO POVO

 

O Soprador de Brasas

 

NA MORTE NOS DIVIDEM

24993322_10155917153799322_3941180015688238760_n.j

NA MORTE NOS DIVIDEM.

Desde o nascimento até è morte somos divididos, em grupo, na escola dividem-nos em grupos e até há escolas para ricos e para pobres, nas prisões somos divididos, os pobres são presos em celas comuns e os ricos estão na rua com pulseira electronica ou em celas de luxo como a que onde esteve Socrates, Isaltino, nas empresas dividem-nos em vencedores e perdedores, e o interessante é que quem nos governa e quem de forma subtil vai dizendo qual a verdade que reina através de uma comunicação social comprada e instrumentalizada, percebeu bem como governar:

Pelo desgaste de quem sofre, pela acomodação à dor, e sem coragem ou pachorra para sequer falar, rendidos a ver passar o carrocel dos DONOS DO TEMPLO.

As Forças Armadas, as Forças policiais, PSP, GNR deviam reflectir internamente e analisar se hoje defendem um regime ou se defendem as pessoas? 

Se defendem quem sofre e se vê injustiçado, ou se por obediencia cega e dever estupido continuam com uma visão acéfala e em funil, Comandados por Generais do Regime, escolhidos pelo Regime, a manter algo que é insustentavel e está à vista de todos, a mordomia, a irresponsabilidade, a falta de cooperação entre partidos focados nos votos e na calunia facil e de telenovela do parlamento em vez de se focarem a fazer bem as pessoas e ao Pais, na corrupção nos hospitais, protecção civil, organismos publicos, ONG e assistimos em em todos lá esta um politico um Secretario de Estado ligados as RARISSIMAS que grassam nesta porcaria pegada.

Hospitais, Escolas, Universidades, Lares, Prisões, Transportes, Alcavalas, artimanhas e corrupação , e RARISSIMAS a popular transversalmente na nossa sociedade ao serviço dos Ricos e dos tipos do partido a agora ATÉ FUNERAIS para gente fixe, dos chutos, do futebol e do fado e a perda total de norte de moral desta sociedade podre à procura de valores que são os anti-valores.

O 25 de Novembro que deu a liberdade a estes bandalhos não é comemorado, o Tenente Coimbra e o Furriel Pires, e o Comandante Jaime Neves , são incomodos a uma esquerda suja , bloquista e comuna, a cheirar a patcholi a xutos na veia a pontapes na vida, e são estes que devem ser homenagedos e eternizados. VERGONHA NACIONAL.

Que ganho com isto ? perguntam-me andas amargo, andas zangado...nop, ando a divertir-me com este pagode e curioso para saber até onde vai.

Etica, Moral, Filosofia, disciplinas que tinham de descer às ruas com urgência ou SMO para dar norte aos jovens qual escola de moral e de vida e, estamos no caminho de gerações vazias sem identidade, sem historia, sem valores, e de repente o supra sumo do exemplo Nacional de um pais com uma gesta e uma historia brutal resume-se ao Rock, ao Fado e ao Futebol e a politicos condecorados e a tias com cara de mal fodidas que nada fazem por nós.

Obrigado Mario Rui Fernandes, por me teres enviado esta foto.

O Panteão Nacional, o Museu dos Coches, são os sitios de culto dos novos Nobres mortos, os icones Nacionais, para o General Jaime Neves, para o Capitão Paraquedista Luis Tinoco de Faria morto em Combate e todos os mortos por Portugal, para os Filosofos, Diplomatas, Médicos, Homens de Estados, e os demais que foram grandes na sua profissão e em silêncio foram herois com um sentido de serviço impar, a campa rasa e o esquecimento e o enterrar de vez.

Estamos no PAIS DAS RARISSIMAS e são imensas e com o SILENCIO DOS BONS, OS MAUS PASSAM A SANTOS E APOSTOLOS DO ADVIR.....o MUNDO SEM VALORES, a total falta de Etica e e a vergonha Nacional e ai sim o FIM DO IMPÉRIO.

Não me identifico com esta ovação Nacional ao Zé Pedro, nada tenho contra ele, gajos porreiros e bons conheço as centenas, e trabalharam toda a vida e não alimentaram o mercado das drogas e deram toda a vida o seu exemplo de dignidade e amor ao Pais.

Este arlamento é uma vergonha, e quem sustenta este poder da forma como está , está a conduzir este pais uma uma desgraça Nacional.

Não se admirem que jovens com falta de simbolos e valores e codigos de conduta e referencias adiram ao DAESH, ao ISIS, e a todos os bandos terroristas, que por ai grassam porque esses têm Valores para lhes dar ( errados, mas isso não interessa), simbolos e disciplinam referencias.

Boa viagem a Portugal neste caminho perfido e sem sentido.

 

INQUIETAÇÃO TERCEIRA/ MANIFESTO ANTI-COACHING

16681973_1858425614429933_8413777847179560764_n.jp

16426228_1858425301096631_1386363655500350762_n.jp

16473782_1858425187763309_3364471145267703791_n.jp

MANIFESTO ANTI-COACHING.

Homenagem a uma grande Coach já desaparecida, Norma Alonso e seu Marido o meu grande amigo Coach do amor e da bondade Carlos Alonso.

Eu fui um coach, descobri faz agora 12 anos uma forma de ver o mundo, uma filosofia de existência, baseada em valores diferentes daqueles que estava habituado e faziam parte do meu dia a dia.

Desde esse curso na ICF, percebi, que a desconstrução de um modelo mental baseado na competição, no julgamento, nas verdades absolutas, nas crenças que nos limitam, no ter, no ego, no casaco de vison, na mala guci, e no machismo e no feminismo, e em todos os ismos, era um novo caminho, um caminho de humildade no saber e no ser e no amor pelos outros.

Estudei, pesquisei e interessei-me pela forma como o cérebro e o corpo pensam e sentem, o que faz de nós seres únicos e fantásticos, como funcionam os químicos dentro de nós, como fazer reconhecimento facial para ver as verdade e as mentiras por trás de mascaras de bondade, tudo é fabrico próprio , construímos e destruímos o nosso próprio ser com as escolhas que fazemos.
Ajudei pessoas e empresas a saírem de uma zona de medo e de competição para uma zona de expansão , curiosidade e cooperação não julgamental, séria e proactiva, fiz amigos para o resto da vida, parceiros e amei e amo o que faço, chamem-lhe coach soprador de brasas, feiticeiro ou simplesmente uma mente havida e curiosa.

há os que são honestos e eu conheço-os, pessoas fantásticas que ajudam tanta gente, que libertam, que fazem crescer e voar os outros com amor, porque são, porque sabem, sabem fazer e acima de tudo vivem como tal, em princípios de amor e de compaixão, são estudiosos e conhecedores desse universo que é o ser humano, são eternos aprendizes e não precisam de muita publicidade para serem procurados, eles realmente operam mudanças nas pessoas e nas equipas porque são autênticos.

Hoje não quero ser mais Coach........ Coach para mim hoje transformou-se em algo que recuso ser, que é o parecer ser, o vender gato por lebre, o induzir sistemas e modelos de crenças a clientes desprevenidos que anseiam por formulas de felicidade e sucesso.

 

Há Coaches em todo o lado, coach para o Sucesso, para a Felicidade, Para emagrecer, para foder, para destruir até há Coach para formiga e barata...e coach para ratinhos e porquinhos voadores, coaches para Mulheres ensinarem outras mulhers a foderem os homens e coaches para homens de barba rija, e com tomates cor de rosa.

 

O Coaching  hoje associo a mercadores de sonhos e vendedores de quimeras, ignorantes com um certificado tirado num vão de escada e populam no face book e no You Tube oferecendo na capa da bondade mais do mesmo que é igual a nada, amealhando o seu vil dinheiro, enriquecendo por trás de uma qualificação de MASTER, SUPER MASTER, GREAT MASTER, PALAVRAS como SUCESSO, FELICIDADE, OBJECTIVOS LUMINOSOS, com programas que qq neurocientista, qualquer homem letrado ou qualquer condutor de carrinhos de choque poderá ver que não são mais que publicidade enganosa e acima de tudo maquinas de fazer dinheiro pelo dinheiro em si.

O mundo anda estranho, as pessoas demonstram a sua agressividade no transito, nas redes sociais, nas palavas, nas escolas, no trabalho, vivemos para nós numa competição desenfreada e num consumismo que nos acaricia de forma subtil uma alma sem amor.

“Sem amor” é o que estes charlatões aproveitam, a falta de amor e de compaixão entre nós para venderem sonhos de felicidade que a nada levam, a nada conduzem a não ser a uma efémera esperança de que : “ AGORA É QUE É”; “ ELE É MASTER, É TOP”, o negocio da DOR dos outros é brutal, é hoje o maior negocio da humanidade, a DOR.

Dizem verdades absolutas, induzem, novos sistemas de crenças, “modelos de felicidade”,”programações cerebrais totais em sete dias “, lançam, balões para ao ar, lançam serpentinas , riem-se e no fim do dia nada mudou, e nada mudará, porque mudar o habito de sermos nós mesmos é o mais difícil habito de mudar…. e só se faz com ajuda de uma pessoa que vos ame e vos queira bem, que realmente se interesse por vocês, que não vos deixa quando o dinheiro acabar, e a primeira pessoa em que poderão pensar amar e respeitar são vocês mesmos e convencam-se mudar o habito de sermos nós, exige disciplina, muita disciplina e persistencia.

RENUNCIO Á MINHA CONDIÇÃO DE COACH, saio desta lama onde se vendem sonhos, não quero ter no meu cartão de visita essa palavra que é nobre, mas está MANCHADA POR UMA CORJA DE ALDRABÕES QUE VOS ENFEITIÇAM E ENGANAM.

O meu respeito para os resistentes coach que exercem a sua profissão com saber e dignidade, manchada por vendihões de sonhos…a esses continuarei a ajudar e a quem precise de amor e de fazer as pessoas perceberem que são tão poderosas que não precisa de coaches, precisam de se amarem, precisam de parar para olhar para si, conheceram-se, escolherem-se e darem-se aos outros com uma mente sem julgamento e com gratidão, e com a curiosidade de uma criança

 

Á Norma Alonso e a sua memória, ser de amor e de luz, ao seu Marido Carlos Alonso um grande amigo cheio de bondade.

Hoje sou livre de Titulos ou de certificados, hoje sou eu.

THE NOT DEAD

THE NOT DEAD

No dia 12 de Janeiro, no Centro Hospitalar Psiquiàtrico de Lisboa, aceitei o amavél convite de pertencer a um painel sobre" Mudanças no tempo e no espaço".

O sentido para a vida e o proposito com que vivemos a vida, o legado que desejamos deixar, como desejamos ser recordados, que valor deixamos aos nossos filhos, se repararmos em nada tem a ver com TER, nada tem a ver com dinheiro, luxos, coisas materiais, mas sim com SER...como fomos, que impacto tivemos no mundo e nas pessoas...atitude de amor, de dadiva , e é isso que nos define, como amamos os filhos, os amigos, os colegas, os patrões, os inimigos......

Para lá do espaço e do tempo podemos ser eternos para quem amamos e para quem fizemos a diferença, mesmo que não tenhamos sido ricos, com posses, com luxo, todos esses bens residem dentro de nós, residem no proposito de vida, em quem somos e em que desejamos ser.

Irei apresentar um trabalho da Jornalista Lalage Snow, Reporter fotografica no Afeganistão que me permitiu usar o seu trabalho e de Simon Armitage, THE NOT DEAD, para relatar como soldados em situação de combate e vitimas de stress pós traumatico, vivem com as suas dores e temores e com marcas para a vida que nunca serão pagas por qualquer estado ou Governo e esquecidas por estes.

Imagens de rostos de soldados britanicos antes, de uma missão no Afeganistão e depois durante e após o seu regresso, alguns deles feridos e extropiados e com camaradas que morreram, as suas expectativas e depois como a vida e a perspectiva mudam no espaço e no tempo e como procurar uma cura para a sua vida, o seu relato vivo do que sentiram e pensarem ao longo de todo este periodo.

A minha homenagem neste dia a todos os que ainda hoje vivem feridas de guerra e que foram abandonados e esquecidos e a todos os soldados de Portugal.

THE NOT DEAD, os soldados de todo o mundo deixarão o legado dos que não morreram, deram o melhor de si, nao o seu dinheiro, ou bens materiais, deram a sua vida a sua saude, o seu amor para defender povos e desprotegidos, para salvar camaradas feridos em Combate deram o seu suor para os salvar e após esse tempo e espaço......são esquecidos por quem não vive como eles, por quem vive para o TER e o PARECER SER, e isto gera doença e dor psiquica aos que não morreram.

Excelente Iniciativa do Centro Hospitalar Psiquiatrico de lisboa, por me permitir falar um pouco sobre os NOT DEAD.

vejam o documentário, algo que o povo devia ver e os politicos deviam perceber...OS QUE NÃO MORRERAM.... que somos nós percebemos bem

julio de matos.png

24956735_2016245881981238_1892344855_o.png

ht_soldier_portraits_hodgy_jp_111222_wblog.jpg

pattersonsplit_2108486i.jpg

we-are-the-not-dead.html.jpg

 

Pedro Tinoco de Faria.

INQUIETAÇÃO SEGUNDA / MANIFESTO ANTI GENERAL (12/02/17)

 

486000_10200904205910611_2071538264_n.jpg

17cd27acb950e4d04042cbaec20817fa-783x450.jpg

roviscoduarte_azeredolopes1092b36a.jpg

 Na série INQUITAÇÕES publico o meu post no face book de 12/02/17 que teve  3000 gostos, 2000 partilhas e algumas dores de cabeça em que fui apelidado de Tenente Coronel Incendiário em artigo do Diário de Noticias.

 

Este post deu inicio a uma série de eventos que me deram muitas alegrias, aquilo que outros poderiam considerar dissabores, ou seja, incomodar o rebanho e depois  ser insultado por muita gente, o que me deu um gozo imenso por desafiar o que mais repugno: A VERDADE DO REBANHO.

Este manifesto dirigiu-se exclusivamente aos GENERAIS CEMGFA e CEME.

 

MANIFESTO ANTI-GENERAL

 

Hoje sabendo que as mortes no Regimento de Comandos, deram origem a punições e penas de prisão militar para o Médico, o Tenente Coronel responsável pela prova, comprometeram a carreira do Comandante do Regimento de Comandos, Oficial do meu curso e um amigo e excelente Oficial.... aqui digo aos senhores Generais Comandantes do Exército e das Forças Armadas que envergonham os nossos mortos.


Envergonham-me ter pertencido a um Exercito onde os chefes não têm tomates, porque são nomenados pelo Poder Politico e são subservientes, perderam a honra de assumir a responsabilidade de defenderem os homens que cumprem ordens dadas por eles mesmos.


Há chefes militares que assumem a responsabilidade do que os seus homens fazem, ( Ex Chefe do Estado Maior do Exercito Major General Gerónimo) porque o fazem bem e cumprem as suas ordens. 


Com todo o respeito pelos nossos putos que morreram na instrução e pelas suas familias e a sua dor, não deviam ser os militares dos COMANDOS punidos, mas sim esta corja de politicos assexuados, o ministro da defesa e do seu cacique, que de tropa e de honra nada entendem, punidos estes jornalistas vendilhões de mentiras que vendem opiniões deturpadas daqueles que morrem para os defenderem.


A instrução deve ser revista, sim, deve e não deve nunca perder o rigor exigência que prepara homens para matar e aprenderem a não morrer.

 

Os nossos Generais são nomeados pelo Poder Poilitco e sabem que se caem , outro já esta na calha para assumir os louros e o seu lugar mais um ser vil General cumplice na queda de um camarada.


Quando é que um dia demitem um chefe militar e todos se recusam a ocupar o seu lugar por camaradagem e por honra? penso que nunca.

 

Corja que querem o poleiro de Chefes do Exercito e das Forças Armadas e não poêm o lugar à disposição a defenderem os seus homens que estão a cumprir ordens e que dão seu melhor para fazer o que ninguem faz, preparar os seus homens o melhor possivel para se houver um conflito não os trazerem aos magotes em sacos de plastico por falta de formação.

Por causa destes Generais, por causa destes politicos fui em 96 para a Bósnia comandar uma companhia, confiando na sorte, sem nos preparem como deve ser para combate, sem termos feito tiro as horas necessárias , nem criado os automatismos necessários para poder reagir debaixo de fogo quando todo o cerebro cognitivo fica congelado.

 

Nem muniçõs levámos, tive 20 munições por soldado no 1º mês de missão, e nas outras missões é tudo igual má preparação, poupar dinheiro porque quando morre um militar por falta de instrução, os custos nem são elevados, as pensões de preço de sangue são miseraveis, continuar a confiar na sorte e levar pessoal mal equipado e mal preparado é o mote.

 

Nos COMANDOS o que se faz na formação e na instrução é minimizar este risco, atraves de uma formação intensa e pensada , onde só ficam os melhores, os que mesmo na merda combatem, e o que os Generais querem e esta corja de politicos é só dar nas vistas...e não poupar vidas através da instrução.

Hipocritas, carreiristas, sou Tenente Coronel dos Comandos, agora dêem-me uma porrada, quero juntar-me áqueles a quem destruiram a carreira e tiveram que pagar advogados do seu bolso para se defenderem porque os NOSSOS GENERAIS estão mais preocupados com o poleiro do que em defender os seus homens.

 

O meu pai , morto em combate envergonha-se de si Srº MINISTRO DA DEFESA, o meu pai morto em combate envergonha-se de si,  Sr Chefe do Estado Maior do Exercito, o meu pai envergonha-se de si Srº Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas, eu pergunto ao Srº Presidente da Républica como pode permitir isto, eu estou com o Comandante do Regimento de Comandos, com o Médico, com o Comandante de Batalhão, com toda a unidade e tambem com as familias daqueles que queriam ser Comandos e com a alma dos jovens que deram o seu melhor em busca de uma essência que estão a matar

 

Pedro Tinoco de Faria

Tenente Coronel Comando

Aposentado

https://www.dn.pt/portugal/interior/associacao-de-oficiais-da-forca-institucional-a-texto-incendiario-de-militar-comando-5665193.html

 

https://www.facebook.com/AOFA.Oficiais.das.Forcas.Armadas/photos/a.215414665145280.54625.215406995146047/1365089463511122/?type=3&theater

 

DITADORES DO PENSAMENTO

falso-profeta.jpg

crencas-limitantes.jpg

 

 DITADORES DO PENSAMENTO

Anda por ai uma moda nos blogs e no face de uns Ditadores de crenças que com malabarismos e flickflacks de linguagem porem a pessoas a pensar que são uns grandes pensadores e os lerem e os acharem o supra sumo da barbatana.

 

Ontem ao ler a partilha de um destes textos vejo que pessoas andam ávidas de profetas e de fazedores de chuva e o perigo de serem contaminadas com ideias que não são suas e PODEM SER TOXICAS, no sentido de serem verdades absolutas e quem as escreve estar convencido que é um PALADINO DA VERDADE. é um perigo real e não vos ajuda a aprender a pensar.

 

O Perigo da verdade é o perigo da ditadura partidaria aos seus militantes, dum sistema politico às pessoas, de um profeta aos seus discipulos, de um DITADOR DO PENSAMENTO aos seus ingénuos leitores.

 

Então o que fiz? Li o texto do pensador que aqui transcrevo

" Queres ter poder para fugir às emoções e a esse medo terrível de te sentires só. Queres ter poder para que o teu medo pareça aos olhos dos outros como ambição ou inteligência. Queres ter poder para esconder a tua enorme necessidade de amor. Queres ter poder para te sentires mais do que aquilo que acreditas ser. Queres ter poder porque sem poder temes ceder a esse vazio que te persegue como uma sombra. Deixa-me dizer-te uma coisa. Todo o poder que tens vai exigir muito mais de ti do que aquilo que podes dar. Um dia, vais perder esse poder. Um dia, vais ter de aceitar esse vazio de que foges há demasiado tempo para que se possa transformar na tua dor da transformação. Quem vive para o poder só muda pela dor. Não existe outra forma. Não existe outro caminho."

 

 

De seguida fiz a inversão do texto que é tambem uma verdade, e poderemos fazer ensaios de inverte-lo a 1/4, 3/4, a 1/ 100000 do seu conteudo e continua a ser verdade

 

 

" Queres ter a humildade de aceitares as emocoes e a humilde coragem de te sentires pleno. Queres ter a humildade para que a tua coragem pareça aos outros como a perda da estupidez.... Queres ter a humildade de mostrar o teu ínfimo desapego de amor. Queres ter a humildade e a fraqueza de te sentires menos do que aquilo que não acreditas ser. Queres ter a humildade, porque sem humildade não tens medo de aceitar essa plenitude que te foge como uma raio de sol. Não Oicas o que te digo... Toda a fraqueza que não tens não te exige muito mais de ti do que aquilo que um dia podes receber. Um dia vais perder Essa fraqueza. Um dia vais ter de regeitar essa plenitude que procuras desde sempre para que se possa transformar na tua alegria da tua transformação. Quem vive para a humildade muda sempre pela alegria. Existem outras formas, outros caminhos"

 

A verdade é uma ditadura, é uma imposição de um ser sobre outro, de um regime sobre as pessoas de um partido politico sobre os seus seguidores, de um professor sobre os seus alunos, de um espertalhão sobre um parvo, de um rebanho sobre as suas ovelhas.

 

Aprendam a viver no caos da inversão, e este DITADOR DE CRENÇAS, que se cuide e seja humilde ao ponto de ensaiar as inversões do que escreve.

 

Aprender a pensar sobre o que pensamos pensar é um exercicio de humildade que poe a VERDADE num saco de lixo.

Bom dia

Pedro Tinoco de Faria

ARQUETIPOS DE ANTI-HEROIS NO PANTEÃO.

306834_487428587992552_7979233_n_0_0_0_0.jpg

Morreu o Zé Pedro, e só ouvi falar bem dele,  como uma pessoa excepcional, um fixe, um homem da musica e do rock, o homem dos chutos e ponta pés. 

 

Não o conheci e já fazendo um esforço para não julgar os vivos, os mortos não julgarei, e o Zé Pedro, para mim fica-me na memória como um homem dos chutos e ponta pés que viveu a vida como desejou ou pelo menos mostrou desejar.

 

Há pouco tempo jantava-se no Panteãp Nacional e o povo revoltou-se pela desonra dos mortos do Panteão, quais herois da Nação, escolhidos para lá estar não pela Nação, mas por eleitos pseudo Intelectuais, que estudam as virtudes das pessoas, e foi assunto para semanas  motivo de tempo de antena e acusações partidarias.

 

Ontem o Presidente da Républica, os Partidos Politicos, as Televisões apresentavam esta morte do Zé Pedro, como um evento Nacional e com o ar que o momento merece de respeito pelo vivos, deu-lhe um ar ainda mais solene, porque  o puto Zé Pedro é elevado a Heroi Nacional algo que penso que o proprio Zé Pedro na sua vida de Anti-Heroi e Arquetipo do  Naõ-Heroi reclamava , porque assumiu que levou uma vida de vicio, de heroina e de drogas e excessos e musica que o levaram talvez a morrer tão prematuramente.

 

Este facto de elevação de um puto a Heroi Nacional que se drogou e injectou heroina nas veias até rebentar revolta-me particularmente não por ele que está morto e merece o descanso eterno,  mas pela hipocrisia Nacional de dor que nos querem vender e eu não consigo partilhar, por simbolos que não são simbolos para todos, para uma parte sim sem duvida pela sua musica e as massas que arrastava, mas não para todos e para mim não, não merece este alarde.

 

De repente tantas pessoas morreram que deram tanto ao pais, que deram às outras pessoas, médicos anónimos, advogados, Militares, poetas, filosofos, Homens de estado que foram na sua vida tão relevantes e grandiosos e nem uma flor foi enviada por esta gente que decide quem é um morto Importante  e quem é para  para a cova sem alardes.

 

Mereciam este alarde por exemplo  e serem recordadas as memorias do Furriel Pires e do Tenente Coimbra combardemente mortos pelos paladinos da hipocrisia que hoje nos governam e que nem os desejaram recordar no ultimo 25 de Novembro, não andaram na heroina e na Coca, não tocavam guitarra, não eram celebres pela sua vida incerta, mas sim deram a vida por todos aqueles que agora em liberdade podem brincar aos novos Arquetipos de Herois, de vidas desgastadas pelo vicio, por alimentar um mercado da droga que nos mata e viver de forma vadia sem pensar muito na sua imagem e no exemplo para os jovens que se começam a injectar.

Lembro me do Filosofo Agostinho da Silva, pensador, um homem com uma vida de aventura e saber fantastica e um anti-heroi ele tambem que ficou no esquecimento, talvez por não ser moda fumar umas ganzas e Xutar do bom cavalo, e dizer yeye e tocar guitarra.

 

Esta  onda de sublime hipocrisia junto à morte e iconizaçao de alguem que foi o que foi, somente um jovem perdido num mundo de musica e drogas que tinha na alma essa capacidade de fazer musica e ser FIXE,  é uma farsa de alguns e de repente o pais não VAI para o Panteão Nacional, mas para o Museu dos Coches celebrar aquele que É UM NOVO ICONE  da NAÇÃO, mas que para  mim não é,  e revela o  desnorte moral em que andamos â procura desesperada de simbolos e de Arquetipos de Herois, que muito pouco fizeram pela Nação, não lhes tirando o mérito e os eternizamos como sublimes na Morte.

 

Não sei se o Zé vai para o Panteão Nacional, mas se for espero que grandes concertos e grandes ganzas passem a ser obrigatorias no Panteão e decretem que isso é que é moda e isso é que é ser Português, isso é a nossa genuinidade de vulgarizar o que realmente devem ser os simbolos e os Icones Nacionais

 

Contra o Zé Pedro, nada tenho, acho que foi igual a si mesmo e estas homenagens em vez de homenagearem fazem exactamente o contrario,  da forma como viveu na sua propiia coerência,  a do ANTI HEROI, na sua humildade no sucesso e ai sou eu que lhe faço a homenagem e que teve a infeliz sorte da sua morte de ser aproveitada publicamente para mostrarmos ao Mundo e ao Pais o que temos de melhor, uma CRISE DE VALORES BRUTAL E FALTA DE NORTE e nada de melhor termos para prestar homenagem, o aproveitamento da comemoração da morte alheia para colher frutos politicos de boys fixes é uma vergonha para a qual estamos predestinados e destinados e so me apetece dar lhes CHUTOS E PONTAPÉS.

 

Ao Agostinho da Silva, ao Tenente Coimbra e ao Furriel Pires, e a todos os grandes que nos passaram ao lado, a minha homenagem e o meu voto para serem Herois Nacionais e icones de valores de vida.

 

Pedro Tinoco de Faria

Mais sobre mim

imagem de perfil

Soprador de Brasas

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D