Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Soprador de Brasas

O Soprador de Brasas

INQUIETAÇÃO SEGUNDA / MANIFESTO ANTI GENERAL (12/02/17)

 

486000_10200904205910611_2071538264_n.jpg

17cd27acb950e4d04042cbaec20817fa-783x450.jpg

roviscoduarte_azeredolopes1092b36a.jpg

 Na série INQUITAÇÕES publico o meu post no face book de 12/02/17 que teve  3000 gostos, 2000 partilhas e algumas dores de cabeça em que fui apelidado de Tenente Coronel Incendiário em artigo do Diário de Noticias.

 

Este post deu inicio a uma série de eventos que me deram muitas alegrias, aquilo que outros poderiam considerar dissabores, ou seja, incomodar o rebanho e depois  ser insultado por muita gente, o que me deu um gozo imenso por desafiar o que mais repugno: A VERDADE DO REBANHO.

Este manifesto dirigiu-se exclusivamente aos GENERAIS CEMGFA e CEME.

 

MANIFESTO ANTI-GENERAL

 

Hoje sabendo que as mortes no Regimento de Comandos, deram origem a punições e penas de prisão militar para o Médico, o Tenente Coronel responsável pela prova, comprometeram a carreira do Comandante do Regimento de Comandos, Oficial do meu curso e um amigo e excelente Oficial.... aqui digo aos senhores Generais Comandantes do Exército e das Forças Armadas que envergonham os nossos mortos.


Envergonham-me ter pertencido a um Exercito onde os chefes não têm tomates, porque são nomenados pelo Poder Politico e são subservientes, perderam a honra de assumir a responsabilidade de defenderem os homens que cumprem ordens dadas por eles mesmos.


Há chefes militares que assumem a responsabilidade do que os seus homens fazem, ( Ex Chefe do Estado Maior do Exercito Major General Gerónimo) porque o fazem bem e cumprem as suas ordens. 


Com todo o respeito pelos nossos putos que morreram na instrução e pelas suas familias e a sua dor, não deviam ser os militares dos COMANDOS punidos, mas sim esta corja de politicos assexuados, o ministro da defesa e do seu cacique, que de tropa e de honra nada entendem, punidos estes jornalistas vendilhões de mentiras que vendem opiniões deturpadas daqueles que morrem para os defenderem.


A instrução deve ser revista, sim, deve e não deve nunca perder o rigor exigência que prepara homens para matar e aprenderem a não morrer.

 

Os nossos Generais são nomeados pelo Poder Poilitco e sabem que se caem , outro já esta na calha para assumir os louros e o seu lugar mais um ser vil General cumplice na queda de um camarada.


Quando é que um dia demitem um chefe militar e todos se recusam a ocupar o seu lugar por camaradagem e por honra? penso que nunca.

 

Corja que querem o poleiro de Chefes do Exercito e das Forças Armadas e não poêm o lugar à disposição a defenderem os seus homens que estão a cumprir ordens e que dão seu melhor para fazer o que ninguem faz, preparar os seus homens o melhor possivel para se houver um conflito não os trazerem aos magotes em sacos de plastico por falta de formação.

Por causa destes Generais, por causa destes politicos fui em 96 para a Bósnia comandar uma companhia, confiando na sorte, sem nos preparem como deve ser para combate, sem termos feito tiro as horas necessárias , nem criado os automatismos necessários para poder reagir debaixo de fogo quando todo o cerebro cognitivo fica congelado.

 

Nem muniçõs levámos, tive 20 munições por soldado no 1º mês de missão, e nas outras missões é tudo igual má preparação, poupar dinheiro porque quando morre um militar por falta de instrução, os custos nem são elevados, as pensões de preço de sangue são miseraveis, continuar a confiar na sorte e levar pessoal mal equipado e mal preparado é o mote.

 

Nos COMANDOS o que se faz na formação e na instrução é minimizar este risco, atraves de uma formação intensa e pensada , onde só ficam os melhores, os que mesmo na merda combatem, e o que os Generais querem e esta corja de politicos é só dar nas vistas...e não poupar vidas através da instrução.

Hipocritas, carreiristas, sou Tenente Coronel dos Comandos, agora dêem-me uma porrada, quero juntar-me áqueles a quem destruiram a carreira e tiveram que pagar advogados do seu bolso para se defenderem porque os NOSSOS GENERAIS estão mais preocupados com o poleiro do que em defender os seus homens.

 

O meu pai , morto em combate envergonha-se de si Srº MINISTRO DA DEFESA, o meu pai morto em combate envergonha-se de si,  Sr Chefe do Estado Maior do Exercito, o meu pai envergonha-se de si Srº Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas, eu pergunto ao Srº Presidente da Républica como pode permitir isto, eu estou com o Comandante do Regimento de Comandos, com o Médico, com o Comandante de Batalhão, com toda a unidade e tambem com as familias daqueles que queriam ser Comandos e com a alma dos jovens que deram o seu melhor em busca de uma essência que estão a matar

 

Pedro Tinoco de Faria

Tenente Coronel Comando

Aposentado

https://www.dn.pt/portugal/interior/associacao-de-oficiais-da-forca-institucional-a-texto-incendiario-de-militar-comando-5665193.html

 

https://www.facebook.com/AOFA.Oficiais.das.Forcas.Armadas/photos/a.215414665145280.54625.215406995146047/1365089463511122/?type=3&theater

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Soprador de Brasas

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D